Notícias

Marcelo Hahn mira no título da GT3: "Cansei de ser vice"

VOLTAR PARA LISTA COMPLETA


SÃO PAULO - Carro novo, disposição renovada, objetivo ambicioso. Marcelo Hahn, vice do Itaipava GT Brasil em 2009 e 2010 ao lado de Allam Khodair, entra na temporada 2011 para dar um passo à frente: quer ser campeão. 


“Cansei de ser vice. Em 2011 eu e Allam estamos com um carro novo, estou mais bem preparado fisicamente e obviamente com mais quilometragem, que é fundamental no automobilismo. Estamos focados no título”, diz o empresário-piloto de 42 anos da Blau Motorsport.

O primeiro desafio começa amanhã (quinta-feira), quando o Lamborghini Gallardo LP600 entra pela primeira vez na pista, no treino extra realizado a partir das 14h. O carro – uma evolução do modelo LP 560 usado ano passado por Hahn e Khodair – nunca rodou no Brasil, e está sendo testado na Europa. Por isso, além de os pilotos terem que se adaptar rapidamente, ainda resta a questão da equalização.

“Esse carro em tese tem 40 cavalos de potência a mais que o modelo anterior, um câmbio com relações mais curtas, que aqui em Interlagos pode não fazer muita diferença, mas vai ajudar nas pistas mais travadas do calendário, e algumas evoluções aerodinâmicas. As principais são o extrator dianteiro, com uma entrada de ar que melhora a refrigeração dos freios, e tampa do motor, que era de vidro, nesse modelo é de fibra de carbono, o que também melhora a refrigeração”, explica Hahn.

“O problema é que o carro não foi testado na pré-temporada e entra com um restritor de 47mm e lastro de 40 quilos. Em princípio vai prejudicar demais nossa performance. Creio que o mais correto seria um restritor de 50, 51 milímetros. A equalização foi um problema ano passado, vamos ver se temos um quadro mais justo esse ano”, completa.

Marcelo Hahn também vai correr no Mercedes Challenge, que nesse final de semana terá apenas uma exibição promocional. A disputa para valer começa em Curitiba (PR), no dia 22 de Abril. “É um carro menos potente, com uma tocada totalmente diferente. Além do preparo físico para fazer as duas categorias no mesmo fim de semana, é importante estar bem preparado psicologicamente. Você senta num carro e tem que resetar o que estava condicionado para fazer no outro”, finaliza.

Português Inglês Espanhol Espanhol
+